Sala de aula do ensino fundamental no Reino Unido
Sala de aula do ensino fundamental no Reino Unido

Uma professora da primeira série que ora com sua classe antes do almoço todos os dias foi instruída a parar devido a uma queixa de um pai e de uma organização ateísta.

A professora não identificada da Norwood Elementary School em Birmingham, na Inglaterra, conduzia sua aula com orações todos os dias na hora do almoço, de acordo com uma carta da organização ateísta Freedom From Religion Foundation (Fundação Liberdade da Religião) para o superintendente da escola. A professora também supostamente ensinou a seus alunos versículos bíblicos e canções cristãs.

“Professores e administradores de escolas públicas não podem promover a religião liderando alunos em oração, encorajando os alunos a orar, participando de orações iniciadas pelos estudantes, ou endossando religião aos estudantes”, escreveu o advogado Christopher Line, da Freedom From Religion Foundation.

A mesma carta alegou que o diretor começou as reuniões com a oração.

Um advogado da Birmingham City Schools escreveu  este mês, dizendo à Freedom From Religion Foundation que o professor e o diretor deveriam parar de orar com os alunos e professores. 

“É nosso entendimento que nenhuma reclamação foi recebida”, escreveu o advogado de Birmingham City School, Ashaunti Parker  . 

Uma conferência de professores e pais também foi realizada para “abordar a preocupação dos pais”, disse Parker.

“A professora foi aconselhada a abster-se de realizar qualquer instrução religiosa e oração dirigida por professores”, escreveu Parker.

Folha Gospel com informações de Christian Headlines