Igreja nos EUA está se mobilizando para alimentar famílias que perderam renda. (Foto: Victory Church)
Igreja nos EUA está se mobilizando para alimentar famílias que perderam renda. (Foto: Victory Church)

Enquanto as igrejas permanecem fechadas devido ao novo coronavírus (Covid-19), uma megaigreja em Oklahoma, nos Estados Unidos, está oferecendo ajuda prática e esperança para famílias que tiveram a renda afetada durante o período de isolamento social.

A Victory Church, na cidade de Tulsa, tem realizado cultos ‘drive-in’ com centenas de carros estacionados e também está alimentando mais de 50.000 famílias em parceria com empresas da região.

O pastor Paul Daugherty explica que os membros da igreja se uniram e muitas pessoas estão fazendo sacrifícios pelo bem de sua cidade.

“Temos pequenas empresas que estão desistindo de seu salário mensal e de seus pagamentos para que as pessoas tenham comida para comer agora”, disse ele.

“Estão sendo distribuídas 53.000 refeições quentes e mantimentos para pessoas que são demitidas do trabalho ou tiveram suas horas reduzidas”, explicou Daugherty. “Eles estão dizendo: ‘Se vocês não estivessem abertos, não sabemos para onde iríamos agora’”.  

O pastor disse à Fox News que servir a quem precisa é o que a igreja representa. “A missão da nossa igreja e de todas as igrejas é amar a Deus e amar as pessoas. Tempos desesperados exigem medidas desesperadas”, disse ele. 

“Começamos a fazer nossos cultos drive-in e começamos a ver tantas pessoas sem igreja entrando em nosso estacionamento em desespero; e elas estão recebendo ajuda e esperança”, continuou.

Daugherty explicou que a cidade de Tulsa está se mobilizando em torno de sua iniciativa — até mesmo funcionários do governo local estão apoiando os esforços de socorro da igreja.

“Liguei para nosso prefeito, chefe de polícia e governador e disse que estamos ajudando milhares de pessoas”, contou. “Eles disseram: ‘Vocês estão absolutamente certos. Vocês são uma atividade essencial e o que vocês estão fazendo pelos pobres em nossa cidade é o que nosso mundo precisa agora’”.

Fonte: Guia-me com informações de CBN News