Edir Macedo, líder e fundador da Igreja Universal do Reino de Deus
Edir Macedo, líder e fundador da Igreja Universal do Reino de Deus

Ricardo Feltrin
Colunista do UOL

Em mais uma diversificação dos seus negócios, a Igreja Universal do Reino De Deus, do bispo Edir Macedo, decidiu investir em duas novas frentes produtivas e midiáticas.

A primeira é a criação de abelhas e produção do “Mel Celestial” (marca registrada), que é produzido na fazenda da igreja, a Nova Canaã, na Bahia.

O próprio bispo Macedo está fazendo a vez de “garoto-propaganda” do mel em suas redes sociais.

Num vídeo, feito em seu apartamento (aparentemente dentro do Templo de Salomão) ele conta aos seguidores que não vive sem café da manhã.

“Depois de Jesus, da Ester e da família, o café é a coisa mais importante na minha vida”, brinca o bispo no vídeo.

Então ele aparece colocando o produto no iogurte e diz que é o “melhor mel que eu já provei”.

O Mel Celestial será vendido em todos os templos da Universal, e deve custar cerca de R$ 20 a bisnaga (aparentemente de 80 a 100g).

O dinheiro arrecadado com a venda da guloseima será revertido integralmente para a manutenção da Fazenda Nova Canaã, que fica no município baiano de Irecê.

Foi ali que Macedo (e seu sobrinho Marcelo Crivella) idealizaram e decidiram instalar um “conjunto” de fazendas em uma empreitada que começou nos anos 90.

Irecê foi escolhida por então ser uma das cidades com o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) mais baixo no Brasil. Quase tudo produzido pela fazenda é distribuído na região de Irecê.

Hoje a fazenda tem cerca de 100 funcionários e seu princípio é um pouco parecido com os “kibutz agrícolas” israelenses.

Além do mel, a Universal também decidiu investir em um time de futebol na cidade, o Canaã Esporte Clube, segundo informou neste domingo Lauro Jardim, do jornal “O Globo”.

O clube foi fundado em agosto do ano passado, disputa a 2ª Divisão do futebol baiano e está na final do estadual sub-20.

Não é a primeira vez que Macedo aposta no futebol. No início dos anos 2000 ele também montou o Universal Futebol Clube, de Jacarepaguá, Rio.

O time, porém, não foi longe: só jogou um campeonato pela segunda divisão carioca e depois foi desmantelado.

Fonte: Coluna do Ricardo Feltrin – UOL