Fachada de um templo da Igreja Universal do Reino de Deus
Fachada de um templo da Igreja Universal do Reino de Deus

A Igreja Universal do Reino de Deus se pronunciou contra o Grupo Globo após a publicação de uma notícia, que afirmou que a igreja construiria um templo no terro vizinho a Maternidade Herculano Pinheiro, em Madureira, Zona Norte do Rio de Janeiro.

A informação, divulgada pela jornalista Berenice Seara, no jornal Extra, afirmou que um homem “que se diz engenheiro” foi enviado para medir o estacionamento da unidade de saúde do município.

Segundo Seara, a igreja comandada pelo tio do prefeito Marcelo Crivella (PRB) ocuparia o espaço ao lado do hospital.

Igreja rebateu publicação do jornal Extra Foto: Reprodução

O título ‘Universal Parking em Madureira’ incomodou a Universal, que garante que a matéria foi tendenciosa.

– Uma especulação tão absurda quanto mentirosa, que induz os leitores a concluir que a Universal utilizaria o estacionamento público do hospital – rebateu a igreja em seu site.

Também foi esclarecido pela Universal que engenheiro citado no texto é funcionário da empresa contratada para a demolição de um imóvel adquirido, e fez a visita para elaborar o laudo de vizinhança, o que é um procedimento habitual para mapear as condições dos imóveis do entorno, antes de a obra começar.

– O objetivo é esclarecer dúvidas quanto a problemas nos imóveis vizinhos, como, por exemplo, sobre a existência de trincas e rachaduras preexistentes, ou eventualmente causadas pela futura demolição. A repórter não fez qualquer questionamento sobre o estacionamento do hospital, que era a razão das notas que escreveria. Ou seja, ao invés de conhecer a verdade, preferiu publicar um texto preconceituoso, mentiroso e completamente divorciado do Jornalismo – argumentou a igreja.

O Departamento de Comunicação Social e de Relações Institucionais da Universal (UNIcom) disse ainda que já entrou em contato com a direção do jornal, solicitando a correção do texto.

Fonte: Pleno News