Algumas igrejas da Inglaterra e do País de Gales decidiram suspender hoje as missas de Natal, temendo ataques realizados por pessoas embriagadas.

O sindicato representante das instituições religiosas britânicas informou que tais ataques têm crescido nos últimos anos, especialmente durante as missas de Natal realizadas à noite.

Segundo o sindicato, as igrejas não têm responsabilidade legal pela segurança do clero, devendo trabalhar para servir a Deus.

Ainda assim, devido ao grande número de ataques durante as celebrações de Natal, várias igrejas metodistas e católicas decidiram suspender as missas e serviços religiosos esta noite.

O reverendo Malcolm Liles, da igreja de Crawley, declarou que em alguns casos “os clérigos são atacados e lhes exigem dinheiro”.

Os ataques levaram o sindicato a lançar uma campanha para melhorar os direitos dos religiosos, incluindo um reforço em sua segurança pessoal.

Fonte: Ansa