Igrejas evangélicas de Campo Grande iniciaram Ação de Solidariedade para ajudar os desabrigados do estado de Santa Catarina, vítimas das chuvas que tornaram-se mais fortes nos últimos dias, causando desabamentos.

Até agora, estima-se que há 52,3 mil desabrigados e 70 mortes na região.O trabalho de auxílio a essas vítimas está sendo coordenado pela Aliança Evangélica Brasileira em Mato Grosso do Sul (AEVB-MS).

A Defesa Civil de Santa Catarina registrou, até a manhã de hoje (25), 52.319 desalojados e desabrigados devido às chuvas que atingem o Estado, sendo 22.776 desabrigados e 29.543 desalojados. No momento, estão confirmadas 65 mortes e o Estado avalia que mais de 1,5 milhão de pessoas foram afetadas. Oito municípios estão isolados: São Bonifácio, Luiz Alves, São João Batista, Rio dos Cedros, Garuva, Pomerode, Itapoá e Benedito Novo.

Quatro municípios decretaram estado de calamidade pública: Gaspar, Rio dos Cedros, Nova Trento e Camboriú. Em estado de emergência estão Balneário de Piçarras, Canelinha, Indaial, Penha, Paulo Lopes, Presidente Getúlio e Rancho Queimado.

Segundo informações do presidente da Aliança Evangélica, apóstolo Edilson Vicente da Silva, a ação solidária é aberta a todas igrejas evangélicas da Capital, independentemente de denominação, e à população em geral. Serão arrecadados alimentos não perecíveis, roupas, travesseiros, colchões, cobertores, calçados, medicamentos e dinheiro.

Os donativos serão enviados para o Conselho de Pastores de Santa Catarina, que se encarregará da distribuição entre as famílias necessitadas. Dezenas de igrejas daquele Estado estão sendo utilizadas como abrigos pelas vítimas da enchente.

Ainda de acordo com o presidente, serão abertos vários pontos de arrecadação em Campo Grande e os interessados em se cadastrar para instalação de postos de recebimento de donativos poderão obter maiores informações pelo telefone 3042-1212.

As doações em dinheiro deverão ser feitas em nome da AEVB, na conta 18.857-3, agência 1420, Banco Itaú.

Fonte: Aquidauana News