Sara Nemer com os filhos, o humorista Jonathan Nemer e a cantora Rebeca Nemer. (Foto: Instagram/Sara Nemer)
Sara Nemer com os filhos, o humorista Jonathan Nemer e a cantora Rebeca Nemer. (Foto: Instagram/Sara Nemer)

Inúmeras pessoas têm se unido em oração por Sara Nemer, mãe do humorista Jonathan Nemer e da cantora Rebeca Nemer, internada em Marília (SP) desde a última sexta-feira (9) com Covid-19.

Sara Nemer, de 63 anos, teve o quadro agravado no domingo (11) e foi transferida para a UTI, após desenvolver uma pneumonia. Caso não houvesse avanço no quadro, ela poderia ser intubada, segundo informou Jonathan nas redes sociais.

Jonathan e o pai também testaram positivo para a Covid-19, mas só Sara precisou ser hospitalizada. Desde então, uma verdadeira corrente de oração por sua vida se formou, entre pastores, líderes e artistas.

De acordo com o humorista, as orações já têm tido respostas. Nesta terça-feira (13), Jonathan disse nos stories do Instagram que Sara “está estável, não regrediu e conseguiram diminuir um pouco de oxigênio. Ele disse ainda que, se ela continuar progredindo, não precisará ser intubada.

“Vamos continuar orando, porque o estado dela ainda é grave. Nós cremos na cura e na restauração completa”, afirmou Jonathan. “Por favor, nos ajudem em oração, porque está dando efeito. Glória a Deus!”

Rebeca também agradeceu pelas orações e celebrou o avanço no quadro da mãe nesta terça. “Não parem de orar por favor! Até que a mama fique boa 100%. Temos uma caminhada pela frente. O estado é grave. Vibraremos com cada boa notícia. E continuaremos com fé. ELE PODE!”

Infelizmente minha mãe teve mais uma piora. Se não progredir será intubada. Só peço oração, porque creio. Coração despedaçado, unido apenas pela fé em Deus 😭🙌

Publicado por Jonathan Nemer em Segunda-feira, 12 de abril de 2021

Sem poder ver a mãe desde que ela foi transferida para UTI, Jonathan orou por ela em frente ao hospital na noite de segunda-feira (12). Mesmo no momento difícil, ele expressou sua gratidão a Deus por ter leito disponível, pela equipe médica e pela certeza da salvação de Sara.

“Louvo a Deus porque, segundo minha mãe, tem tantos profissionais cristãos naquela UTI, que ela sente a presença de Deus a todo instante. E meu motivo maior de gratidão e alegria, é saber que minha mãe tem a vida entregue ao Senhor. E mesmo se embora aconteça o pior (tá repreendido de novo), ela estará com o Pai. É muito difícil falar isso, mas a salvação conforta demais”, disse.

Fonte: Guia-me