A Índia está classificada em 10º lugar na lista mundial da perseguição 2021 do Portas Abertas.
A Índia está classificada em 10º lugar na lista mundial da perseguição 2021 do Portas Abertas.

Um adolescente cristão no Norte da Índia sofreu um ataque com ácido, supostamente por causa da fé. O ataque deixou Nitish Kumar, de 16 anos, com 60% do corpo coberto de queimaduras. O incidente ocorreu no norte do estado de Bihar no final de agosto. Nitish tinha ido ao mercado no início da manhã, mas logo depois de ter saído, retornou para casa coberto de queimaduras e com dores terríveis.

Embora não haja uma indicação clara de quem esteja por trás do ataque ou da motivação, Nitish e a família haviam se convertido ao cristianismo há dois anos e estavam ativamente envolvidos na igreja local. O sentimento anticristão na comunidade tem aumentado, disse um pastor local. “A família recebeu ameaças por causa da fé várias vezes”, disse uma fonte local à Portas Abertas.

Multidão ataca cristãos

Em um outro incidente em julho, dez cristãos foram feridos em um ataque de uma multidão em Adnadhi, uma vila no distrito de Badwani, no centro do estado de Madhya Pradesh. Os cristãos vivem na aldeia há quase 20 anos. Embora tenha havido alguma hostilidade inicial dos moradores por causa de sua conversão, esse ataque foi uma surpresa total para eles.

“Os cristãos tinham sido convocados pelo chefe da aldeia e quando chegaram, o chefe da aldeia os ameaçou para deixarem Jesus ou deixarem a aldeia. A multidão de cerca de 250 pessoas que estava com ele gritava palavras de ódio contra os cristãos, dizendo que eles seriam expulsos da aldeia. A multidão também começou a agredir os seguidores de Jesus”, revelou uma fonte local aos parceiros da Portas Abertas.

Os dez cristãos sofreram ferimentos graves que deixaram dois deles inconscientes, disse a fonte. Uma queixa foi feita à polícia. “Os nacionalistas hindus acusaram o pastor de se envolver em atividades de conversão”, segundo um relatório do portal de notícias AsiaNews.

Fonte: Portas Abertas