O atual presidente do Brasil, Jair Bolsonaro e o ex-presidente Lula
O atual presidente do Brasil, Jair Bolsonaro e o ex-presidente Lula

O ex-presidente Lula (PT) disse, nesta quinta-feira (27), em suas redes sociais, que Jair Bolsonaro (sem partido) mente ao afirmar ser religioso e que o presidente usa o nome de Deus “em vão”.

“Se o Bolsonaro acreditasse em Deus, ele não usaria o nome de Deus em vão como ele usa. O tempo todo. Olhe nos olhos dele quando ele fala de religião, você não vê verdade. É tudo mentira”, escreveu Lula.

O núcleo duro do eleitorado de Bolsonaro é composto em grande parte por religiosos, principalmente evangélicos , incluindo líderes de igrejas da religião como o pastor Silas Malafaia.

Em aceno aos evangélicos, o presidente promete indicar para a vaga do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Marco Aurélio um nome “terrivelmente evangélico.

Uma recente pesquisa do Datafolha, divulgada este mês, bastante criticada pelos bolsonaristas, aponta o ex-presidente Lula (PT) na liderança da corrida eleitoral de 2022 e também mostrou que o petista e o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) estão empatados tanto no primeiro quanto no segundo turnos entre o eleitorado evangélico.

Fonte: Último Segundo