Jovem missionária interage com crianças na Libéria. (Foto: MissHibiscus/iStock/Getty Images)
Jovem missionária interage com crianças na Libéria. (Foto: MissHibiscus/iStock/Getty Images)

A maioria dos missionários em campo não têm dinheiro suficiente para cobrir as despesas básicas, segundo uma análise feita pela Stewardship, uma organização britânica que apoia mais de 250 mil missionários pelo mundo.

De acordo com o levantamento, a maioria dos missionários em tempo integral “renuncia às necessidades básicas e falha em atender às demandas financeiras ao longo do ano”, informou a Premier Christian Radio.

O diretor do grupo, Daniel Jones, disse que muitos missionários recebem apoio de familiares ou amigos próximos, mas lutam para pagar despesas maiores.

“É quando algumas dessas despesas maiores acontecem que os problemas ocorrem — o carro quebra, não há nada no cofre para cobrir um aumento de aluguel etc”, Jones explica.

Jones destaca que Deus fornece o que é necessário, mas pedir apoio financeiro às pessoas pode levar a um estigma, porque alguns vinculam o pedido à falta de fé.

“Vejo evidências na Bíblia de momentos em que o povo de Deus foi incentivado pelo Senhor a arrecadar fundos por outras pessoas da comunidade que disseram: ‘Olha, eu estou fazendo esta obra específica do Evangelho. Por favor, você vai me ajudar?’”, Jones disse.

Além dos desafios financeiros enfrentados pelos voluntários no período da missão, eles também enfrentam dificuldades quando retornam. De acordo com o CDF Capital, como o trabalho missionário não é lucrativo, muitos retornam para casa sem dinheiro suficiente.

“E mesmo que os cristãos que apoiaram seu trabalho missionário os ajudem financeiramente na transição para fora do campo, isso não acontecerá indefinidamente. Isso coloca os missionários que retornam em condições muito inseguras”, observou a organização em um post no Facebook.

“Para muitos de nós, ter um carro quebrado ou ficar doente é um contratempo temporário, mas para os missionários que tentam obter alguma tração financeira, esses desafios se tornam enormes obstáculos. Muitos missionários sentem que estão a uma catástrofe da devastação”, completou.

A Stewardship é uma instituição de caridade sediada em Londres, comprometida com o fortalecimento de causas cristãs e que está em operação desde 1906. O grupo ajuda mais de 25.000 pessoas anualmente e apoia mais de 19.000 causas de caridade.

Fonte: Guia-me com informações de The Christian Post