Marcha organizada pelo grupo Con Mis Hijos No Te Metas, reúne milhares de pessoas em Lima, capital de Peru, contra a ideologia de gênero nas escolas
Marcha organizada pelo grupo Con Mis Hijos No Te Metas, reúne milhares de pessoas em Lima, capital de Peru, contra a ideologia de gênero nas escolas

O grupo Con Mis Hijos No Te Metas (Não se meta com os meus filhos) se mobilizou nesta sexta-feira, 24 de maio, em diferentes cidades do Peru para protestar contra a inclusão da ideologia de gênero no Currículo Nacional de Educação Básica do Ministério da Educação do país.

Na capital, Lima, apesar da forte chuva registrada desde muito cedo, milhares se reuniram às 8 horas da manhã em diferentes praças da cidade e saíram em caminhada para o Congresso da República.

Depois das 11 da manhã, um grande grupo de membros do Con Mis Hijos No Te Metas entrou na Praça Bolivar do Congresso e foi recebido pelo congressista Julio Rosas.

Segundo o pastor Milagros Aguayo, foi a primeira vez, desde que o grupo foi fundado, que eles conseguiram entrar nas instalações do Congresso.

“Estamos no Congresso da República com todos os congressistas pró-vida e aguardamos a marcha”, disse o pastor. “Historicamente, vamos entrar até o congresso, algo nunca visto pela guarda policial, mas hoje as barreiras são removidas para os filhos do rei entrarem”, acrescentou.

Por meio de nota, pastores e membros das Assembleia de Deus no Peru incentivaram todo o país para “manter-se vigilante e continuar a participar nas marchas organizadas em defesa de nossas crianças e famílias.”

Também por meio de nota, o Conselho Diretivo Nacional da Aliança Cristã e Missionária do Peru instruiu seus membros a serem livres para participar da marcha nesta sexta-feira. “Pedimos que continuem orando pelo nosso amado Peru nestes tempos de crise moral pelos quais passamos como nação.

#ConMisHijosNoTeMetas é uma campanha do grupo de mesmo nome que responde a tentativa do governo do Peru, através do Ministério da Educação, de promover um Currículo Nacional para crianças a partir de 0 anos, com critérios da ideologia de gênero.

Outras manifestações

Em março de 2017, mais de um milhão e meio de peruanos se manifestaram nas 24 regiões do Peru contra a doutrinação da ideologia de gênero de estudantes menores de idade.

Os protestos massivos causaram a renúncia da então ministra da Educação desse país, Gina Parody.

Em novembro de 2018, milhares de pessoas participaram de uma nova marcha contra a imposição da ideologia de gênero no Peru.

Os protestos exigiram o “fim da ideologia de gênero no Estado peruano” através da revogação da “Política Nacional para a Igualdade de Gênero” e seu instrumento político, o “Plano Nacional de Igualdade de Gênero” e a revogação do Decreto Legislativo 1408 que eliminou a Lei de Fortalecimento da Família “e impôs o absurdo de ‘famílias democráticas’”.

O grupo Con Mis Hijos No Te Metas continua crescendo composta por pais, grupos evangélicos, grupos pro família como o Coordenador Nacional Pro Família (Conapfam), o Coordenador Nacional Parent, a associação La Casa del Padre, pastores e congressistas, a maioria cristãos.

Folha Gospel com informações de Evangélico Digital