Damares Alves, ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos Foto: Divulgação/Presidência da República
Damares Alves, ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos Foto: Divulgação/Presidência da República

Nesta quinta (13), Damares Alves usou as redes sociais para noticiar a morte do pai, Henrique Alves, pastor da Igreja Quadrangular.

Em um post de luto, a ministra da Mulher, da Família, e dos Direitos Humanos escreveu: “Amigos. Meu pai partiu para a eternidade. Ele voltou para o me celeste. Obrigada a todos os servidores que estavam comigo no Rio e que me amparam e fizeram tudo para amenizar a dor. Já estou chegando em São Paulo, já estou chegando em casa para me despedir do meu pai tão querido. Como dói!”, começou ela.

“A certeza do reencontro me consola. Meu pai combateu o bom combate! Foi um pai, esposo e pastor amado por todos. Sua vida foi intensa. Ele deixou muitos discípulos. Até logo pai!”, concluiu. Nos comentários, seguidores e amigos de Damares enviaram mensagens de força e apoio.

“Receba o meu afeto”, escreveu Luiza Brunet. “Meus sentimentos, que Deus conforte a Senhora e toda a sua família”, disse Fabiano Menotti. “Que Deus te dê força e conforte o seu coração”, desejou mais uma.

Pastores e artistas gospel, como pastores Lucinho, Josue Valandro Jr., Talitha Pereira, Eyshila, Soraya Moraes, Marcelo Aguiar, entre outros, também deixaram suas mensagens.

Henrique Alves Sobrinho, tinha 92 anos, e sofreu um infarto. O corpo será velado na Igreja do evangelho Quadrangular, em São Carlos.