Smartphones
Smartphones

Em 2021, quase 200.000 jovens entregaram suas vidas a Jesus Cristo como parte dos esforços de um ministério cristão.

A Groundwire, uma organização que busca atrair os jovens da geração Y e da geração Z para Cristo, usa canais de mídia populares como forma de alcançá-los.

“Não vamos atrás dos ateus. A mídia quer que acreditemos que todo mundo é ateu, mas, na verdade, 71% dos millennials [e] da geração Z acreditam que Deus é um ser real”, disse Seth Dunn, presidente da Groundwire.

“O que somos realmente bons em fazer é interrompê-los em seu entretenimento – em sua tela pequena – e trazer à luz sua necessidade, seu propósito”, explicou ele. “Não precisamos convencê-los de que [Deus] é real. Precisamos lembrá-los de que ele é relevante, e ele se torna relevante quando cruza [no] ponto de necessidade em sua vida.”

De acordo com as descobertas publicadas no site da Groundwire, 68% dos jovens acreditam no céu, 65% raramente ou nunca frequentam a igreja e 39% não têm afiliação religiosa. Além disso, 65 por cento dos jovens professam ser cristãos e menos de 1 em cada 5 pode dizer como se tornar um.

Dunn explicou que a Groundwire utiliza as mídias sociais para alcançar os jovens, já que a maioria deles passa o dia online.

“Não podemos levá-los a ir à igreja, mas não podemos fazê-los desligar seus telefones”, disse ele. “Então, o que fazemos é usar conteúdo produzido por Hollywood.”

O ministério busca despertar o interesse dos jovens com vídeos curtos e depois conectá-los com sua equipe de mentores. A Groundwire então os aponta para Cristo com sites como JesusCares.com.

A Groundwire diz que sua abordagem foi extremamente bem-sucedida. Em 2020, mais de 116.000 jovens fizeram profissões de fé e, em 2021, 192.000 vieram a Cristo.

Dunn disse estar “grato” por Deus usar seu ministério para atrair tantos jovens a Cristo.

“[Estamos] gratos porque você reconhece que isso não está acontecendo por nossa causa. Está acontecendo apesar de nós”, disse ele. “Nosso trabalho é manter o foco Nele e seguir e dizer: ‘Deus, preciso que você nos dê sabedoria a cada passo, todos os dias, seja criando novo conteúdo, seja descobrindo como comercializar … preciso da Tua sabedoria.'”

Estudos realizados no ano passado mostram a posição dos Millennials e da Geração Z em questões de fé. Por exemplo, um estudo divulgado pelo Centro de Pesquisa Cultural da Universidade Cristã do Arizona revelou que a maioria dos millennials era indiferente ao cristianismo, apesar de ter uma visão favorável de Cristo.

Enquanto isso, uma pesquisa da Sociedade Bíblica Americana descobriu que apenas 9% dos jovens da Geração Z eram “engajados com as Escrituras”, o que significa que eles frequentemente leem a Bíblia.

Folha Gospel com informações de Christian Headlines


Comentários