Anne Graham Lotz e sua filha Rachel-Ruth.
Anne Graham Lotz e sua filha Rachel-Ruth.

A evangelista Anne Graham Lotz, filha do falecido evangelista Billy Graham, está pedindo orações depois que sua filha, Rachel-Ruth, sofreu dois ataques cardíacos no fim de semana. Ela tem a “síndrome do coração partido”, uma condição rara, e foi levada às pressas para o hospital.

“Várias vezes eu orei o Salmo 73:26 por pessoas que estavam lutando com problemas cardíacos: minha carne e meu coração podem falhar, mas Deus é a força do meu coração e minha porção para sempre”, postou Anne nas redes sociais.

“Agora estou colocando a aposta da minha fé profundamente nessa promessa para minha filha, Rachel-Ruth”, escreveu. Anne revelou que a filha “foi levada às pressas para o hospital no sábado, à noite, em decorrência de um ataque cardíaco, seguido de um cateterismo. No domingo, à tarde, ela teve um segundo ataque cardíaco, seguido de outro cateterismo”.

Anne observou que o coração da filha não tinha bloqueios que são causas típicas de “ataques cardíacos ao estilo tradicional”. Na postagem, ela compartilhou também que Rachel-Ruth está no hospital e permanecerá por mais alguns dias enquanto os médicos continuam realizando testes.

“Estou pedindo urgentemente que você se junte à minha família em oração por Rachel-Ruth”, ressaltou Anne, e continuou: “Por favor, ore para que o coração dela se estabilize; por diagnóstico e tratamento precisos; pela sabedoria sobrenatural do médico; por paz e conforto para todos nós”.

Síndrome do coração partido

A síndrome do coração partido, também conhecida de cardiomiopatia de Takotsuba, é um problema raro que provoca sintomas semelhantes aos de infarto, como dor no peito, falta de ar ou cansaço que podem surgir em períodos de estresse emocional intenso, como um processo de separação ou após o falecimento de um familiar, por exemplo.

Na maioria das vezes, esta síndrome surge em mulheres após os 50 anos de idade ou no período pós-menopausa, no entanto, pode aparecer em pessoas de qualquer idade, afetando também os homens. Pessoas que já tiveram ferimentos na cabeça e ou possuem algum transtorno psiquiátrico têm mais chances de ter a síndrome do coração partido.

A síndrome do coração partido, normalmente, é considerada uma doença psicológica, porém, exames realizados em pessoas que tiveram esta doença mostram que o ventrículo esquerdo, que é uma parte do coração, não bombeia o sangue corretamente, prejudicando o funcionamento deste órgão. Entretanto, essa síndrome tem cura pelo uso de medicamentos que ajudam a regular a atividade do coração.

Fonte: Comunhão com informações de Christian Headlines


Comentários