O padre Hovsep Bidoyan foi morto na Síria
O padre Hovsep Bidoyan foi morto na Síria

Um padre foi morto a tiros na frente de uma igreja na segunda-feira, em um ataque chocante.

O padre Hovsep Bidoyan, sacerdote católico armênio de Qamishli, foi morto a tiros na entrada de uma igreja no leste da Síria. 

Ele foi morto ao lado de seu pai enquanto eles estavam visitando a Igreja Católica Armênia em Deir Ezzor, uma cidade no leste da Síria, informou a instituição católica Ajuda à Igreja que Sofre.

A instituição de caridade católica disse que não ficou claro quem foi o responsável pelo assassinato ou seus motivos.

O nordeste da Síria mergulhou em um novo caos recentemente quando a Turquia lançou uma incursão militar dias depois que Donald Trump ordenou a retirada das tropas dos EUA. 

A área em torno de Deir Ezzor é o lar de campos de petróleo que os EUA priorizaram para impedir que caíssem nas mãos da Rússia ou do governo sírio, além do ISIS, que formalmente os usou para gerar receita. 

O Papa Francisco emitiu uma mensagem de apoio e oração à comunidade católica armênia pelo padre Hovsep Bedoyan.

Folha Gospel com informações de The Christian Today