Pastor José Wellington e seu filho, o pastor José Wellington Júnior
Pastor José Wellington e seu filho, o pastor José Wellington Júnior

O pastor José Wellington Bezerra da Costa anunciou na noite desta segunda-feira (1º) seu apoio ao candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL).

A declaração foi feita no culto especial em comemoração ao seu aniversário do pastor José Welligton e de sua esposa Irmã Wanda Freire Costa.

Bolsonaro gravou um vídeo parabenizando o casal e agradecendo o apoio que está recebendo da igreja nesse momento de sua vida, agradecendo também pelas orações que foram feitas por ele durante o período que ele esteve internado se recuperando da facada que recebeu no dia 6 de setembro.

O candidato citou o bom relacionamento que mantém com o deputado Paulo Freire, filho do casal, com quem conviveu ao longo desses anos na Câmara. “Parabéns pelo trabalho que vocês fizeram ao longo de décadas, parabéns pelos filhos que têm que representam a semente verdadeira que vocês plantaram aqui na Terra”, disse.

Após a exibição do vídeo, o pastor José Wellington declarou seu apoio ao candidato, que “De todos os candidatos, o único que fala o idioma do evangélico é Bolsonaro”, declarou o líder da Assembleia de Deus Belenzinho que completava 84 anos. “Não podemos deixar a esquerda voltar ao poder”, completou.

Veja o vídeo:

Pastores apoiam Bolsonaro

Um crescente número de líderes cristãos tem se posicionado abertamente sobre sua opção de voto para as eleições de 2018.

Temendo que o comunismo, a total banalização de valores e o cerceamento da liberdade religiosa se instale definitivamente no Brasil, grande parte dos pastores e cantores cristãos expressaram publicamente sua intenção de voto no presidenciável do PSL, Jair Bolsonaro.

Entre eles, estão Ap. Rina (Bola de Neve), Estevam Hernandes (Renascer em Cristo), Silas Malafaia e Cláudio Duarte (Vitória em Cristo), Samuel Câmara (presidente da Convenção da Assembleia de Deus no Brasil – CADB), além de cantores como André Valadão, PG, Mattos Nascimento e Ana Paula Valadão.

Fonte: JM Notícia e Guia-me