O coordenador do Programa Bolsa Família no município de Tabira, no sertão de Pernambuco, foi afastado do cargo depois que foi descoberto o desvio de dinheiro dos beneficiários. O asfastamento do pastor Valteido Silva Oliveira foi confirmado pelo prefeito José Edson Cristóvao de Carvalho (PSB).

O religioso estava com 73 cartões em casa, e alguns moradores se queixavam que o benefício não estava chegando. Ao investigar o que ocorria, a prefeitura descobriu que o dinheiro estava sendo desviado.

O prefeito informou que o caso foi encaminhado para a Polícia Civil e para a Polícia Federal e que abriu sindicância interna para investigar. Carvalho disse que ainda não sabe o número de pessoas prejudicadas e o valor desviado.

Segundo ele, pelo menos cinco pessoas, residentes em Tabira, estavam recebendo benefício na cidade paraibana de Patos. Oliveira culpou um sobrinho, que teria se apoderado dos cartões e sacado direito no caixa.

Fonte: O Globo online