Cristãos na Colômbia
Cristãos na Colômbia

Quem lê os relatos de cristãos perseguidos em países árabes e asiáticos pode não imaginar que há irmãos e irmãs da América Latina enfrentando violenta oposição por causa da fé em Jesus.

O pastor Enrique Machado vem ao Brasil para testemunhar como é fazer parte da Igreja Perseguida na Colômbia.

Entre os dias 18 de janeiro e 2 de fevereiro, o líder cristão percorrerá o território nacional para compartilhar os feitos de Deus na nação dele.

A Colômbia está em 47ª posição na Lista Mundial da Perseguição 2019. Um dos grandes responsáveis pela violência contra os seguidores de Cristo são os conflitos entre grupos criminosos e dissidentes das FARC.

Os valores bíblicos expressam visões sociopolíticas contrárias às ideologias dos grupos armados, por isso existe violenta oposição. Este é o contexto de atuação do pastor Enrique há 21 anos. Atualmente, ele ocupa a diretoria nacional do abrigo para crianças Visão Ágape, fundado pela Portas Abertas no país.

O líder cristão sempre esteve imerso em zonas violentas de concentração de grupos paramilitares e o impacto do trabalho dele resultou até em ameaças de morte.

O pastor não atuou apenas na prevenção de recrutamento de crianças para a guerrilha, ele também levou o evangelho até os integrantes dos grupos paramilitares.

Quando os líderes do AUC foram presos, ele passou a atuar como capelão nas penitenciárias de segurança máxima, para que outros rebeldes tivessem oportunidade de seguir a Cristo.

Hoje Enrique Machado treina outros líderes para fazerem diferença na Colômbia. Já viajou esporadicamente para acompanhar e treinar 130 pastores de diferentes denominações. Ele também é fundador do Instituto Bíblico Peniel, onde capacita 21 estudantes de três regiões do país.

Veja a agenda de visitas do pastor Machado e compareça em algum dos cultos para conhecer o trabalho que ele faz com os cristãos perseguidos da Colômbia.

Fonte: Portas Abertas