John MacArthur
John MacArthur

O pastor John MacArthur vem gerando polêmicas com os comentários controversos que ele tem feito recentemente sobre mulheres pregadoras.

O pastor surpreendeu a comunidade evangélica várias semanas atrás, quando fez um ataque de censura  a mulheres que pastoreavam e pregavam em igrejas, durante a conferência ‘Truth Matters Conference’, realizada em sua igreja, a Grace Community Church, na Califórnia, no mês passado.

Questionado durante um painel de discussão para dar sua opinião sobre a popular autora e palestrante Beth Moore, ele disse que ela deveria “ir para casa”.

“Vá para casa! Não há nenhum caso que possa ser feito biblicamente para uma mulher pregadora. Ponto final. Fim da discussão”, disse ele na época. 

“Só porque você tem a habilidade de vender joias no canal de vendas de TV não significa que você deveria estar pregando. Há pessoas que têm certas habilidades de venda, habilidades naturais para vender, elas têm energia e personalidade e tudo mais. Isso não a qualifica a pregar. “

Ele acrescentou: “O movimento #MeToo novamente é o campo de recuperação da cultura na Igreja. Quando os líderes do evangelicalismo passam por mulheres pregadoras, as feministas realmente venceram a batalha”.

Vários líderes evangélicos criticaram MacArthur pelo tom de seus comentários, como o autor Max Lucado, que disse que estava  “entristecido” e que “a noiva de Cristo está suspirando”.

“Sério? Ousamos ser desdenhosos? A mensagem de #metoo é sóbria”, disse Lucado em seu site.

“Não é um apelo por poder ou posição, é um pedido a ser levado a sério; para todos nós reconhecermos seu chamado único. Respeito e cortesia comum devem ser o dialeto da igreja. No entanto, nosso coro soprano continua a criticar sua ausência”.

Em um vídeo do YouTube, o pastor Shane Idleman disse que a explosão de MacArthur refletia “uma verdadeira falta de humildade, falta de quebrantamento, falta de amor e compaixão”.

Várias semanas depois, MacArthur não mostra sinais de recuar, dizendo à sua congregação em um sermão na semana passada que “empoderar mulheres torna os homens fracos” e que “homens fracos tornam todos vulneráveis ​​ao perigo”.

“Hoje, quero abordar uma questão muito importante que foi despertada em mim pela internet”, disse ele. 

“Não gosto de dar respostas curtas. Não gosto de me colocar em posição de fazer isso, porque sinto que isso apenas aumenta a confusão, então quero aproveitar a oportunidade para abordar a questão das mulheres pregadoras nesta manhã e para lhe dar uma resposta mais completa da Palavra de Deus sobre este assunto muito, muito importante “.

Ele continuou dizendo que “não há falta de clareza” na Bíblia quando se trata do papel das mulheres na igreja, citando 1º Coríntios 14:35, em que Paulo diz que “é impróprio que as mulheres falem em reuniões da igreja”.

Explicando suas próprias opiniões sobre o assunto, MacArthur disse: “As mulheres devem manter a submissão aos homens em todas as igrejas em todos os tempos.

“Pastoras e pregadoras são a evidência mais óbvia da igrejas se rebelando contra a Bíblia…

“As mulheres que pregam na igreja são uma desgraça e refletem abertamente a oposição ao claro mandamento da Palavra de Deus. Isso é flagrante desobediência.”

Ele então citou 1º Coríntios 14:34, que diz: “As mulheres devem permanecer caladas nas igrejas” e disse que isso não deve ser “difícil de entender”.

“Você não diz nada”, disse ele.

Mais tarde em seu sermão, ele disse que as mulheres cristãs “precisam se controlar e perceber que não devem falar em uma igreja”.

Caso contrário, ele disse que os homens seriam “dominados”, o que por sua vez levaria à conquista das mulheres.

“Quando todos os homens forem massacrados, vocês [mulheres] podem sentar-se lá com todas as suas joias e lixo. Você conquistou porque venceu seus protetores”, disse ele. 

“Não entenda mal: é nisso que estamos vivendo hoje. Capacitar mulheres torna homens fracos. Homens fracos tornam todos vulneráveis ​​ao perigo”.

Ele continuou: “Deixe-me dizer uma coisa, se as crianças estão no comando, estamos com problemas. Se as mulheres estão no comando, estamos com problemas.

“E se você olhar com atenção para a nossa nação, terá que concordar que são mulheres infantis, jovens, inexperientes e ignorantes que estão subindo ao poder.

“Quando você derruba a ordem divina, os resultados são sempre desastrosos. E, novamente, não é ser contra mulheres e contra as jovens. Mas é um julgamento divino sobre uma nação onde suas jovens e suas mulheres estão no poder”.

Folha Gospel com informações de The Christian Today