Pastor e cantor Samuel Mariano
Pastor e cantor Samuel Mariano

O pastor e cantor gospel Samuel Mariano está sendo acusado de arrombar e tomar posse de um templo da Igreja Assembleia de Deus, na cidade de Cabedelo, município da Região Metropolitana de João Pessoa, no estado da Paraíba. Além disso, o líder máximo da AD Brás, Bispo Samuel Ferreira e o pastor Dilmas de Campina Grande, também são acusados pela mesma violação.

A informação foi divulgada pelo jornalista Emerson Machado pelas redes sociais. Segundo o profissional, os líderes da AD Brás arrombaram e tomaram posse do tempo de forma ilegal. De acordo com Machado, eles entraram com uma ação na justiça para tomar o templo do Pastor Ednaldo, que lidera a igreja há mais de 27 anos.

Segundo informações, Samuel Mariano, Samuel Ferreira e Dilmas teriam usado de má fé, inclusive perguntado ao pastor Ednaldo se ele teria R$ 1 milhão para gastar com advogados e juízes, a fim de ficar com o templo.

Mas, segundo o jornalista, que cobre notícias da Região Metropolitana de João Pessoa, os pastores ganharam a causa “sem explicação e sem base jurídica”. Como resultado, arrombaram a igreja. O caso aconteceu na tarde da última sexta-feira (24/09), no período da tarde, e contou com a presença de viaturas da Polícia Militar e oficiais de justiça.

“A sentença diz que até o dia 28 deste mês, o Pastor Ednaldo junto com sua Igreja tinha esse prazo para recorrer. Porém, na manhã de sexta-feira (24), o juiz antecipou o decreto validando posse total para Madureira e Samuel Mariano, onde a outra parte nem ciência tinha do que estava acontecendo”, escreveu o jornalista.

O jornalista, que possui mais de 1 milhão de seguidores somente no Instagram, saiu em defesa do pastor local e criticou a postura de Samuel Mariano frente à suposta posse ilegal do templo.

“Populares se sentem revoltados pelo fato do pastor Samuel Mariano, de forma injusta, expulsar um pastor muito amado pela cidade, depois de anos de dedicação pela cidade e em prol do reino de Deus. De forma misteriosa o pr. Samuel Mariano ganha uma causa sem explicação e sem base jurídica, arromba a igreja com viaturas, e oficiais de justiça, pela ganância e desejo de se alegrar no fracasso dos outros, Samuel Mariano ainda mostra sinal do seu mau caráter e luxúria”, escreveu o jornalista.

O pastor Samuel Mariano e o Bispo Samuel Ferreira ainda não se manifestaram sobre o assunto.

Fonte: Portal do Trono