A Polícia Civil de Pernambuco investiga a suspeita de utilização do corpo de uma menina em um ritual de magia negra na cidade de Garanhuns, no Agreste. Vanessa Soares Legal, 11 anos, foi morta em um triplo homicídio no último final de semana.

A administração do cemitério São Miguel, onde ela foi sepultada, encontrou o túmulo violado nesta manhã. O corpo da menina estava a cerca de 30 m do local, despido, com a barriga cortada, rodeado de velas e ao lado de um prato de comida. Ainda não há pistas de quem teria desenterrado o cadáver.

Peritos dos Institutos de Criminalística (IC) e de Medicina Legal (IML) realizaram nesta tarde exames para confirmar se o cadáver sofreu violência sexual. Também estão sendo analisados os materiais encontrados próximos ao corpo para se saber se há relação direta com a violação do cadáver.

Vanessa Soares foi assassinada a pauladas no último domingo, junto com a mãe, Sônia Soares, e o irmão, Rafael Soares. O crime foi cometido por um homem identificado como José Gabriel, que teria assumido a autoria do ato.

Segundo a polícia, ele foi à casa da família acompanhado de outros dois adolescentes com o intuito de assassinar o pai da família. Os corpos de Vanessa, Rafael e Sônia foram enterrados na tarde de segunda-feira.

Fonte: Terra