Um único comprador, no Recife, pagou R$ 220 mil e adquiriu 22,7 mil ingressos para todas as sessões, em todos os horários, do filme “Os Dez Mandamentos” durante as duas primeiras semanas de exibição do longa-metragem bíblico em uma grande rede de cinemas da capital pernambucana.

[img align=left width=300]http://www.arrozdefyesta.net/media/uploads/ICAP_14432.jpg[/img]Ao UOL, um funcionário dessa rede de cinemas que não quis se identificar contou que o comprador se apresentou como alguém ligado à Igreja Universal, porém não soube dizer se ele era pastor ou fiel. “Ele apenas disse que estava comprando os ingressos para distribuí-los”, disse a fonte. “O comprador também não pediu segredo sobre a compra. Ela foi feita por telefone e foi preciso uma manhã inteira para imprimir de uma vez só os 22 mil ingressos. Nunca tinha visto algo do tipo”, revelou.

Pastores e bispos da Universal são os controladores da Rede Record, que produziu a novela “Os Dez Mandamentos” e está por trás da adaptação para o cinema, maior sucesso recente de audiência da emissora.

O funcionário explica que não é proibido apenas um comprador adquirir todos os ingressos, porém é um comportamento completamente atípico. “Parece que a Igreja Universal está trabalhando para transformar o filme em um sucesso logo na estreia”, afirmou. Até o momento, mais de 2 milhões de ingressos foram vendidos antecipadamente, de acordo com dados divulgados pelas empresas que monitoram o mercado cinematográfico.

Procurada pela reportagem, a assessoria da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) afirmou apenas que apoia, “juntamente com nossos grupos voluntários e de projetos beneficentes em todo Brasil, que o público em geral tenha a oportunidade de assistir ao filme”, que considera uma obra cinematográfica “de extrema qualidade, que trata os valores bíblicos com respeito além, é claro, de reproduzir com exatidão uma das histórias mais importantes da humanidade”.

Questionada pelo UOL sobre o procedimento de venda de ingressos em massa, a distribuidora Paris Filmes apenas respondeu que, em sua campanha de marketing, busca “impactar todos os segmentos de público, pois o filme (assim como a novela) não é voltado somente aos evangélicos”. A empresa explica o sucesso de vendas de ingressos pelo tamanho da produção. “O valor de produção é seguramente um dos maiores do cinema nacional, o que em nossa opinião ajuda a refletir os mais de 2 milhões de ingressos já vendidos, um número que continua a nos surpreender”.

[b]Empurrãozinho[/b]

Em reportagem publicada no dia 5 de janeiro, o UOL já havia apurado que a Igreja Universal está ajudando na venda de ingressos de outras formas, além de incentivar que seus fiéis adquiram entradas antecipadas. O caso do Recife não é o único, e grupos ligados à igreja têm fechado sessões em redes de cinema de diversas cidades do país.

A Cinemark, uma das redes onde se registrou a maior procura, e o Espaço Itaú –principal representante do circuito do cinema de arte, com atuação em São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Brasília, Porto Alegre e Salvador– confirmaram que há uma procura muito grande para essas exibições exclusivas, fechadas para grupos de evangelização. No Espaço Itaú, todas as sessões do primeiro fim de semana de estreia estão esgotadas em todos os cinemas da rede que vão exibir o filme.

O UOL também apurou que algumas igrejas estão distribuindo ingressos ou fazendo promoções de meia-entrada. Na sede estadual da Universal em João Pessoa, na Paraíba, por exemplo, a orientação é para que os fiéis procurem os pastores para ter direito ao benefício.

O site Notícias da TV, parceiro do UOL, também publicou reportagem mostrando que que pastores têm arrecadado dinheiro durante cultos para auxiliar na compra de ingressos.

[b]Fenômeno de vendas
[/b]
Os mais de 2 milhões de ingressos comercializados na pré-venda ainda devem aumentar até a estreia, em 28 de janeiro.

O longa-metragem também vai se transformar no maior lançamento nacional, ocupando mil salas. O recorde anterior pertencia à comédia “Até que a Sorte nos Separe 3”, de Leandro Hassum, que estreou no dia 24 de dezembro último em 808 salas do Brasil.

Distribuído pela Paris Filmes, “Os Dez Mandamentos” é escrito por Vivian de Oliveira e dirigido por Alexandre Avancini, que também assinam a novela, e conta com os atores Guilherme Winter, Sergio Marone, Gisele Itié, Samara Felippo, Sidnei Sampaio, Camila Rodrigues, Petrônio Gontijo, Denise Del Vecchio, Paulo Gorgulho e Larissa Maciel.

A edição para o cinema promete cenas exclusivas e um final inédito, que antecipará a segunda temporada da novela, marcada para estrear em março de 2016.

[b]Fonte: UOL[/b]