Um ator que representava Jesus numa encenação da paixão de Cristo teve de ser internado num hospital em Huánuco, no Peru, após ser ferido de verdade por moradores que interpretavam os soldados romanos.

Antonio Robles Jará, o conhecido “Jesus de Huánuco”, percorreu seu Calvário carregando uma cruz de 80 quilos, enquanto recebia golpes de outros moradores vestidos de soldados, além de “uma ou outra pedra atirada por um espectador fantasiado”, segundo o jornal peruano “Ojo”.

Mesmo ferido, Jará suportou o final da caminhada e a “crucifixação”. Após sair da cruz, Jará reclamou de fortes dores e foi levado pelos colegas ao pronto-socorro. No hospital, os médicos constataram que o Jesus peruano havia sofrido várias fraturas, ferimentos internos e hematomas.

Segundo médicos citados pelo jornal, Jará encontra-se estável, apesar de muito ferido.

Fonte: Folha Online