Recentemente inaugurado, restaurado complexo paroquial de Fradelos custou aos paroquianos um milhão de euros, verba que ainda não foi paga na íntegra. Para angariar os cerca de 150 mil euros que estão em falta, está funcionando um bar, junto à igreja.

O bar trabalha todos os fins-de-semana e o lucro dos produtos ali consumidos revertem a favor da obra que muito orgulha as pessoas de Fradelos.

O complexo paroquial — igreja. residência e centro paroquial — foi inaugurado em 25 de maio, pelo arcebispo primaz de Braga, D. Jorge Ortiga.

A construção do complexo paroquial de Fradelos começou no final de 2004 e foi integralmente suportada pelos paroquianos. O investimento veio dar resposta às necessidades atuais da paróquia.

A nova igreja tem capacidade para 300 pessoas. Foi construída no local da antiga, mas desta foram apenas aproveitados a frontaria, o torreão e uma parede lateral. Ficaram ainda dois altares, que foram totalmente restaurados, e o antigo púlpito.

Já o centro paroquial, dotou a paróquia de Fradelos de um auditório e de seis salas para catequese ou reuniões dos movimentos cristãos.

Há ainda um espaço reservado para cartório paroquial.

No centro, há um acesso interno direto à residência paroquial, que está equipada com ar condicionado.

A paróquia está orgulhosa da nova igreja e demais estruturas pastorais que lhe dão melhores condições para desempenhar a sua missão sacramental e profética.

Na cerimônia de sagração da igreja e benção do centro paroquial, o arcebispo primaz exultou os paroquianos de Fradelos a aproveitarem o novo centro paroquial para promoverem a sua formação espiritual e cristã.

Fonte: Correio da Manhã – Portugal