Bird Box, novo filme da Netflix é estrelado por Sandra Bullock
Bird Box, novo filme da Netflix é estrelado por Sandra Bullock

A Polícia Federal emitiu um alerta para um novo jogo de desafios, uma brincadeira perigosa disseminada nas redes sociais que pode envolver riscos, especialmente para crianças.

As tarefas a serem cumpridas são ordenadas pelo Desafio Bird Box, em referência ao filme Bird Box, recém-lançado pela Netflix.

De acordo com Giovani Santoro, chefe de comunicação da Polícia Federal em Pernambuco, que emitiu o alerta, vídeos de pessoas tentando realizar tarefas cotidianas com olhos vendados têm sido compartilhados na internet para mostrar o cumprimento das etapas das partidas.

No filme, estrelado por Sandra Bullock, os personagens se vendam para evitar serem capturados por monstros que invadem a Terra e levam quem olha para eles a perder o controle dos próprios sentidos e, em seguida, cometer suicídio.

“O desafio consiste em fazer tarefas e/ou missões com olhos vendados como os personagens do filme. Tal atividade parece simples e inocente, mas as pessoas estão perdendo a noção e fazendo coisas realmente perigosas”, explicou Giovani.

A própria Netflix, responsável pela produção e pela disponibilização do filme por serviço de streaming, emitiu pelo Twiter um alerta sobre o desafio, pedindo que as pessoas não se machuquem. “Não acredito que tenho que dizer isso, mas: POR FAVOR NÃO SE MACHUQUEM COM ESSE DESAFIO BIRD BOX. Não sabemos como isso começou, e apreciamos o carinho, mas Garoto e Garota (personagens do filme) têm só um desejo para 2019 e é que vocês não acabem no hospital por causa de memes”.

Entre os exemplos dos desafios cumpridos mostrados pelos participantes da brincadeira em vídeos que vêm se popularizando nas redes sociais estão atravessar a rua correndo vendadas, com o risco de serem atropeladas ou cair num buraco e andar pela casa com os olhos tampados, o que envolve perigos de pancadas e quedas potencialmente graves.

A recomendação da Polícia Federal é de que os pais redobrem a atenção em casa, especialmente no período de férias, e estejam sempre atentos às atividades online dos filhos, com especial atenção para incitações e desafios encorajados por colegas ou desconhecidos. O alerta vale não só para Pernambuco, onde o alerta foi emitido, mas para todo o mundo.

Dependendo da situação, quem for identificado incentivando ou induzindo práticas que coloquem a vida de qualquer pessoa em risco pode responder pelos crimes de lesão corporal grave ou seguida de morte. As penas variam entre um e 12 anos de reclusão.

Fonte: OP9