O bispo de Barra, na Bahia, Dom Luiz Flávio Cappio, criticou o presidente Lula e afirmou que a alta popularidade do petista só ocorre porque “o povo pobre e miserável do Brasil corre atrás de um presidente que dá esmola”.

Ele ressaltou que “Lula morreu, estamos no governo Inácio da Silva”. O bispo encerrou sua greve de fome na última quinta-feira após 23 dias de jejum em protesto contra a transposição do rio São Francisco.

O jejum foi encerrado depois que Dom Cappio desmaiou e foi internado no hospital Memorial Petrolina (PE). Ele ainda fez críticas ao ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima.

“Se o presidente quiser ouvir um alerta, acho que ele deve ter mais cuidado na escolha dos seus ministros. É preciso colocar no ministério uma pessoa idônea, capaz e pelo menos educada, e não um incapaz, um incompetente”, afirmou.

Fonte: Jovem Pan