Candidatos à Presidência do Brasil nas Eleições de 2018
Candidatos à Presidência do Brasil nas Eleições de 2018

Pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha e divulgada na Folha de São Paulo, revela que se as eleições fossem hoje, com a participação de Lula (PT), o candidato petista seria o eleito de 43% dos católicos e 30% dos evangélicos. O petista faz mais sucesso entre evangélicos neopentecostais, 37% deles declaram voto no ex-presidente.

Jair Bolsonaro (PSL) só ganha de Lula entre evangélicos de denominações alternativas, com 32% das intenções de votos entre esse eleitorado, ante 21% das intenções de voto para Lula. ​

Marina Silva (REDE) tem 11% da preferência dos eleitores evangélicos totais; Cabo Daciolo (PATRI), que chama a atenção professando a fé em debates, chega a 1% entre o eleitorado evangélico total, ele também é o preferido de 1% dos eleitores de igrejas afro-brasileiras.

Num cenário sem Lula, Bolsonaro ganha entre eleitores ateus (26% das intenções de voto) e perde entre evangélicos neopentecostais (18% das intenções de voto), que preferem a candidata Marina Silva, ela conquista 23% destes eleitores. Bolsonaro ganha de Marina entre evangélicos tradicionais (29% e 18% das intenções, respectivamente) e de outras denominações (35% e 20%, respectivamente)

Levando em conta a margem de erro, Ciro Gomes (PDT) empata com Marina entre espíritas (12% e 10% respectivamente). Fernando Haddad (PT), aparecendo como substituto de Lula, só tem preferência significante entre eleitores que professam religiões afro-brasileiras, ele chega a 15% de preferências deste público.

Em pesquisa espontânea, em que o eleitor fala em qual candidato deseja votar sem ser apresentado a uma lista prévia, Lula (PT) é o mais mencionado entre católicos (22%) e evangélicos neopentecostais (19%); Jair Bolsonaro (PSL) é o preferido de ateus (22%), de evangélicos tradicionais (24%) e evangélicos de outras denominações (23%)

Demais candidatos estão em terceiro lugar, empatados, levando-se em conta a margem de erro de dois pontos percentuais. Candidatos que não aparecem, não chegaram a 1% das menções espontâneas.

Religião Lula (PT) Jair Bolsonaro (PSL) Marina Silva (REDE) Geraldo Alckmin (PSDB) Ciro Gomes (PDT) Alvaro Dias (PODE) João Amoêdo (NOVO)
Católica 22% 13% 2% 2% 2% 2% 1%
Evangélica
tradicional
13% 24% 3% 1% 1% 1% 0%
Evangélica Neopentecostal 19% 11% 2% 1% 1% 2% 1%
Outras Evangélicas 9% 23% 5% 2% 0% 4% 0%
Espírita Kardecista, espiritualista 13% 17% 1% 4% 4% 4% 3%
Umbanda, Candomblé, outras religiões
afro-brasileiras
25% 10% 1% 2% 3% 4% 2%
Não tem religião / Agnóstico 18% 15% 2% 1% 3% 0% 2%
É ateu/ não acredita em Deus 8% 22% 3% 1% 12% 1% 4%

O Datafolha ouviu 8.433 pessoas em 313 municípios, de 20 a 21 de agosto. A margem de erro do levantamento é de dois pontos percentuais para mais ou menos. A pesquisa é uma parceria da Folha e da TV Globo e foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número BR 04023/2018. ​

Fonte: Folha de São Paulo