Pedofilia na igreja
Pedofilia na igreja

A Conferência Episcopal do Japão anunciou nesta segunda-feira (8) a abertura de uma investigação interna sobre denúncias de pedofilia dentro do clero no país.

É a primeira vez na história que a Igreja japonesa inicia um inquérito sobre abusos sexuais contra menores de idade.

A investigação englobará as 16 dioceses do arquipélago, mas a conferência ainda não anunciou mais detalhes. O papa Francisco visitará o Japão em novembro, na primeira visita oficial de um pontífice ao país desde João Paulo II, em 1981.

Em 2002 e 2012, o comitê dos bispos japoneses ouviu relatos de pelo menos cinco casos de pedofilia no clero, e todos eles devem ser revisitados na investigação. Até hoje, as vítimas não foram interrogadas a fundo nem os supostos responsáveis foram punidos.

O inquérito, no entanto, não deve se restringir a esses casos. Segundo o jornal Japan Times, há relatos de que abusos ocorreram na escola internacional católica St. Mary, em Tóquio, desde 1965.

A Igreja enfrenta escândalos de pedofilia em vários países, como Austrália, Chile e Estados Unidos, e recentemente o Papa presidiu uma reunião com bispos do mundo inteiro para discutir formas de combater os abusos.

Fonte: Terra