A Igreja Católica se posicionou sobre as eleições municipais deste ano e vai orientar aos cristãos que não votem em candidatos que forem contra a vida, afirmou o arcebispo Metropolitano de Vitória, Dom Luiz Mancilha Vilela, nesta segunda-feira.

Ele apresentou a cartilha “Construindo a Democracia”, elaborada pelas quatro arquidioceses do Estado e distribuída gratuitamente em todas as igrejas católicas.

De acordo com Vilela, a igreja não apóia partido político, mas não pode ser a favor de candidatos contra a vida. “Não são nossos candidatos aqueles que são contra a vida. No mundo plural que temos, devemos saber escolher bem, podemos ficar diante de uma sociedade onde a maioria cristã tem que se submeter a uma minoria que se diz não cristã. A igreja não assume partidos, mas está interessada em políticos bons, seja de que partido for, para que o nosso Estado caminhe no sentido de desenvolvimento pleno, isso é importante”.

O passado dos candidatos também vai servir de critério para a escolha de um bom candidato nas eleições municipais de 2008, disse o arcebispo Metropolitano de Vitória. “A cartilha é um documento volumoso a serviço da nossa liderança em todo o Espírito Santo. Ela ajuda o cidadão a escolher bem os candidatos, pessoas honestas, corretas que possam prestar um bom serviço e que não tenham um histórico que venha a trazer alguma coisa que nós não aprovamos

Foram produzidos 57 mil exemplares para todo o Estado, sendo 25 mil apenas para a Arquidiocese de Vitória. Desde a última sexta-feira (27), as cartilhas já começaram a ser distribuídas nas igrejas católicas do Espírito Santo.

Fonte: Gazeta Online