Jovens adorando a Deus
Jovens adorando a Deus

Uma pesquisa feita a pedido da Dunham+Company e realizada pela WPA Intelligence apontou que os jovens da geração Y (entre 25 e 39 anos), totalizam 61% de frequência semanal à igreja.

Entre todos os entrevistados no estudo, a maioria (53%) que se apresenta como evangélica diz se juntar a igreja pelo menos uma vez na semana.

Esses dados são importantes porque contrariam (pelo menos nessa amostragem) a ideia de que os jovens estão menos compromissados com a fé cristã, algo destacado por Rick Dunham, fundador e CEO da Dunham+Company.

“Acredita-se frequentemente que os jovens são descompromissados com sua fé, mas este estudo mostra que os jovens que se identificam como evangélicos estão mais engajados em sua fé do que outras gerações”, disse ele.

Em relação às demais gerações, a Baby Boomers (de 55 a 75 anos) a frequência semanal aos cultos é de 54%, enquanto na geração X (de 4 a 24 anos), a frequência cai para 44%.

“Isso reforça nosso estudo de 2017, que mostrou que a geração do milênio tem a mesma probabilidade de participar de cultos religiosos em comparação com outras gerações. Mas este estudo atual mostra um engajamento muito maior entre aqueles que se identificam como evangélicos”, acrescentou Dunham.

Outro dado mostra que o público evangélico também está mais participativo quando o assunto é solidariedade. Segundo informações da Philanthropy Panel Study (2001-2015), cerca de 71% disseram fazer doações anuais para caridade, enquanto que entre o público em geral essa taxa é de 55%.

Fonte: Gospel Mais com informações de Faith News.