Um juiz na Índia convocou dois deuses hindus, Ram e Hanuman, para ajudar a resolver uma disputa de propriedade. O juiz colocou anúncios em jornais pedindo aos deuses “que compareçam ao tribunal pessoalmente”. (foto ao lado de alguns deuses indianos)

A convocação foi feita pelo juiz Sunil Kumar Singh, no Estado de Jharkhand, no leste do país, para a terça-feira, depois que o magistrado disse que cartas endereçadas a eles não foram respondidas. Os envelopes voltaram pois estavam com “endereço incompleto”.

Ram e Hanuman estão entre os mais populares deuses hindus.

Pequenas causas

O juiz Singh preside uma espécie de tribunal de pequenas causas na cidade de Dhanbad, criado para resolver divergências rapidamente.

A disputa que levou o juiz a convocar os deuses existe há 20 anos e é em torno da propriedade de um terreno de 1,4 acres de terra que abriga dois templos.

As divindades são adoradas nos dois templos no local.

O sacerdote Manmohan Pathak alega que o lote pertence a ele, pois teria sido dada a seu avô por um rei local, mas moradores locais dizem que os proprietários são os dois deuses.

O caso foi levado à Justiça pela primeira vez em 1987.

Há alguns anos, a disputa foi resolvida em favor dos moradores locais. Mas o sacerdote contestou o veredicto e levou o caso para o tribunal de Dhanbad.

Fonte: BBC Brasil