A atriz do filme
A atriz do filme "Pantera Negra", Letitia Wright.

A atriz Letitia Wright construiu sua identidade não apenas no que ela faz, mas em quem ela crê. Conhecida por seus papéis na série “Black Mirror” e no filme “Pantera Negra”, a jovem de 27 anos diz que sua fé em Jesus “vale mais do que tudo”.

Wright nasceu na Guiana e se mudou com a família para Londres aos 7 anos. Sua mãe era professora e seu pai sempre incentivou sua educação. “Ele me dava livros sobre o Egito antigo, sobre cientistas que também eram negros. Ele me permitiu entender que a herança de nosso povo não começou em um navio, como dizem os livros de história”, disse a atriz ao site The Independent.

Mas foi a sua fé quem formou o seu caráter. “O mundo está tão instável e não há muito em que você possa colocar sua esperança para se sentir completo”, afirma.

Quando a atriz viu sua carreira em ascensão, buscou estabilidade em Deus. “Mesmo agora, estou passando por uma nova fase transformadora da minha vida, compreendendo quem eu sou, mas com Deus você pode simplesmente superar essas situações. É lindo ter minha fé em Jesus, que vale mais do que tudo”, destaca.

Questionada se ela já foi impedida de falar sobre suas crenças em público, a atriz respondeu: “Já ouvi pessoas me dizerem: ‘Ei, você deveria parar de falar sobre Jesus’. Mas sempre haverá pressões para manter privadas as coisas que o mundo pode não concordar. E não estou tentando forçar nada a ninguém”, afirma.

“Estou compartilhando minha verdade, porque provavelmente eu não estaria viva agora se não fosse por Jesus, provavelmente eu não teria sido capaz de lidar com isso”, ela continua. “E se alguém te salva e traz luz e amor à sua vida, você quer compartilhar isso. Você não quer esconder.”

A atriz chegou a ser alvo de uma polêmica nas redes sociais em 2020, após compartilhar o vídeo de um pastor que questionava a imposição das vacinas e criticava a luciferase, enzima utilizada em algumas pesquisas sobre a Covid-19.

Por causa das críticas, a atriz desativou suas contas no Twitter e no Instagram. “Se você não se conforma com as opiniões populares, mas faz perguntas e pensa por si mesmo… Você é cancelado”, disse ela na época.

Sobre o seu período offline, que já está perto de completar um ano, a atriz diz: “Tem sido brilhante. Pude ir sumir e me educar, ler livros e me conectar com minha família. Não houve essa pressão de expectativa”, diz ela. “Todos deveriam se afastar das redes sociais”.

Fonte: Guia-me com informações de The Independent