Pastor Andrew Brunson está preso na Turquia
Pastor Andrew Brunson está preso na Turquia

O pastor norte-americano Andrew Brunson, que ficou detido na Turquia por quase dois anos sob acusação de terrorismo, foi transferido da prisão para prisão domiciliar, informou a emissora CNN Turk, nesta quarta-feira.

A notícia veio uma semana depois que um tribunal turco decidiu manter Andrew Brunson, um pastor cristão da Carolina do Norte, nos EUA, preso enquanto ele é julgado por terrorismo e espionagem.

Funcionários da embaixada e do consulado dos EUA na Turquia não puderam comentar imediatamente o relatório e o advogado de Brunson disse à Reuters que estava buscando confirmação.

A CNN Turk disse que Brunson usará uma tornozeleira eletrônica ou um dispositivo similar de monitoramento e será proibido de sair do país.

O pastor, que vive na Turquia há mais de duas décadas, foi acusado de ajudar um grupo que tentou um golpe fracassado em 2016 contra o presidente Tayyip Erdogan, além de ter apoiado militantes curdos do PKK.

Brunson, que nega as acusações, pode pegar até 35 anos de prisão se for considerado culpado. O presidente Donald Trump disse em um tweet, na semana passada, que Brunson estava sendo mantido como refém e que Erdogan deveria “fazer algo para libertar esse maravilhoso marido e pai cristão”.

Fonte: The Christian Post