Thom Rainer, pastor e chefe da organização LifeWay Christian Resources
Thom Rainer, pastor e chefe da organização LifeWay Christian Resources

O chefe da organização LifeWay Christian Resources está incentivando pastores a adotarem uma regra estabelecida por Billy Graham para garantir que não caiam em fracasso moral: evitar ficar sozinho com qualquer mulher que não seja sua esposa.

Thom Rainer observa que muitas pessoas consideram como arcaica ou legalista a “regra de Billy Graham”, popularmente conhecida nos Estados Unidos, mas acredita que este é um conselho sábio.

“Pode até não haver indício de indecência pelo fato de você estar sozinho, mas o que acontece se alguém te vê sozinho com [uma pessoa do sexo oposto] e tira conclusões?”, questiona.

“A Bíblia nos ensina a nos afastar de toda a aparência do mal, não apenas para evitar o mal — e isso significa que não devemos nos colocar situações onde podemos ter tentações ou colocar alguém em uma posição comprometedora — mas também para fazer os outros perceberem dessa maneira”, acrescentou Rainer.

Rainer compartilhou uma situação na qual um homem questionou se havia problema em dar uma carona de 10 minutos para uma colega mulher. Ele respondeu que o ideal seria evitar viajar juntos.

“Você faz uma exceção e acaba abrindo a porta para outras exceções. Embora eu possa estar parecendo um pouco legalista e arrogante, eu disse para ele que ‘não’. Eu simplesmente tenho essa regra de ferro”, disse ele.

Rainer disse que muitas das situações comprometedoras que “voltaram a assombrar” alguns pastores e líderes poderiam ter sido evitadas se tivessem seguido o conselho de Billy Graham.

Ele ainda alertou que uma das coisas mais perigosas para um líder cristão é acreditar que nunca cairão em fracasso moral. “Não seja essa pessoa que pensa: ‘isso nunca vai acontecer comigo’. Normalmente, essa é a pessoa que acaba lamentando a decisão que tomou”.

Um caso que se encaixa nessa situação é o do pastor Bill Hybels, fundador da Willow Creek Community Church, uma das maiores congregações do mundo, sediada em Chicago. Ele foi acusado de se relacionar de forma constrangedora com as mulheres da igreja, incluindo funcionárias, e apesar de negar, decidiu renunciar ao posto de pastor-sênior para que o caso fosse esclarecido.

Fonte: Guia-me