Planeta Terra
Planeta Terra

Um novo estudo divulgado pela Gallup mostra que um grande número de americanos ainda acredita no conceito de criacionismo como uma explicação para a própria vida.

Gallup perguntou aos americanos: “Qual das afirmações a seguir chega mais perto de suas opiniões sobre a origem e o desenvolvimento dos seres humanos”. Haviam três alternativas para a resposta.

Embora a pesquisa mostre que a maioria dos americanos ainda acredita no processo de evolução, uns impressionantes 40% defendem um ponto de vista criacionista – acreditando que Deus criou tudo em nosso universo em algum momento nos últimos 10.000 anos.

Como seria de esperar, quando os resultados das pesquisas são divididos por categorias religiosas e comportamentos espirituais individuais, diferenças gritantes podem ser observadas.

Por exemplo, cerca de 68% dos que frequentam a igreja semanalmente acreditam que somente Deus criou o homem na forma atual. Esse percentual cai para 27% entre aqueles que raramente aparecem no serviço de domingo.

É muito mais provável que os protestantes acreditem em uma compreensão fundamental do criacionismo ordenado por Deus, em comparação com os católicos, que tendem a acreditar que o homem se desenvolveu com a orientação da mão de Deus (46%).

Apenas 6% dos protestantes acreditam que Deus não desempenhou absolutamente nenhum papel no desenvolvimento da humanidade, enquanto 59% daqueles que não se afiliaram a nenhuma religião acreditam que isso seja verdade.

De fato, no geral, o número de americanos que rejeitam a idéia de que Deus teve algo a ver com a criação deles “marca um recorde que remonta a 1982”, observou Gallup.

Quando analisados ​​em correlação com o nível de escolaridade dos participantes, resultados mais interessantes podem ser vistos. Quarenta por cento daqueles que possuem um diploma universitário acreditam que o homem se desenvolveu com a orientação de Deus, que é 10% maior do que aqueles que não possuem ensino superior.

No entanto, entre aqueles que acreditam que Deus criou a humanidade em sua forma atual, os percentuais dobram para aqueles que não têm um diploma em comparação com aqueles que o fazem.

Uma análise online da Gallup mostra que as descobertas “não mudaram significativamente desde a última leitura em 2017”.

A Gallup fez a pergunta 14 vezes desde sua inclusão inicial em 1982, quando 44% disseram acreditar que Deus criou humanos nos últimos 10 mil anos. Naquele ano, 38% acreditavam em uma evolução guiada por Deus e 9% em uma evolução sem Deus.

A pesquisa foi realizada entre os dias 3 e 16 de junho e envolveu 1.015 adultos.

Folha Gospel com informações de Faithwire e Christian Headlines