O pastor Valdemiro Santiago, líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, foi esfaqueado durante um culto por volta das 8h deste domingo (8).

[img align=left width=300]http://uploads.metropoles.com/wp-content/uploads/2017/01/08200205/valdomiro-1-840×577.jpg[/img]O responsável pelo ataque, o ajudante geral Jonathan Gomes Higino de 20 anos, estava na fila para receber as bênçãos do apóstolo. Ao chegar perto dele, atacou-o com três golpes, atingindo pescoço e costas com uma faca de 35 centímetros.

Em depoimento ao 8º Distrito Policial (Brás), Higino afirmou que Santiago o havia provocado durante um culto da Mundial, em julho. “Vamos crucificar ele”, teria lhe dito o apóstolo na ocasião.

Na delegacia, Higino disse que pegou a arma usada no crime há cerca de duas semanas, dentro do quintal de uma residência em Santana no Parnaíba. Ele foi preso em flagrante e irá responder por tentativa de homicídio.

O pastor Valdemiro Santiago realizava o culto na manhã deste domingo [url=https://folhagospel.com/modules/news/article.php?storyid=33210]quando Jonathan o esfaqueou duas vezes no pescoço[/url]. O ataque ocorreu por volta das 8h, horário em que sua pregação estava sendo transmitida ao vivo para todo o país.

Um segurança da igreja socorreu Valdemiro, que foi levado para o hospital Sírio-Libanês. Lá, ele recebeu 25 pontos no pescoço e não corre mais risco de vida. Ele publicou um vídeo sobre o caso.

[b]Fonte: Veja São Paulo e Metrópole[/b]