Canal de humor Porta dos Fundos fez paródia do filme
Canal de humor Porta dos Fundos fez paródia do filme "Se Beber, Não Case!" na Netflix, inspirado na história bíblica da Santa Ceia

O deputado Antônio Vaz (PRB) apresentou um projeto de lei que proíbe a utilização da religião cristã, de forma a satirizar e/ou toda e qualquer outra forma de menosprezar ou desprezar seus dogmas e crenças, em manifestações sociais, culturais e/ou de gênero, realizadas no estado de Mato Grosso do Sul.

O projeto prevê ainda vedar a liberação de verbas públicas para a contratação ou financiamento de cobertura de eventos, desfiles carnavalescos, espetáculos, passeatas e marchas de ONGS, Associações, Agremiações, Partidos e Fundações, que pratiquem a intolerância religiosa.

Questionado se não pode ser interpretado como censura, o deputado destacou que na verdade quer combater a intolerância e o desrespeito às religiões.

“É inadmissível acontecer nos dias de hoje intolerância religiosa. O projeto de aprovado vai parar com essa situação. Temos como exemplo pessoas que quebraram imagens da Igreja Católica, a Marcha das Vadias que parou na Universal com cartazes ofendendo a igreja”. 

O projeto prevê ainda multa no valor de R$ 5 mil a R$ 500 e a impossibilidade de realizar eventos públicos que dependam de autorização ou de nada a opor do poder público, e de suas autarquias, pelo prazo de cinco anos.

Fonte: Correio do Estado