Nesta semana, a Record demitiu Ivanildo Lourenço, presidente do Instituto Ressoar, instituição de responsabilidade social da emissora.

Braço direito da alta cúpula, Lourenço já chegou até a ser cotado para a presidência da Record.

De acordo com a coluna Outro Canal, querido por atores e produtores, a saída de Ivanildo espantou a todos na emissora por uma coincidência: recentemente, ele deixou a Igreja Universal do Reino de Deus.

Em julho, um diretor de produção de “O Melhor do Brasil” também foi demitido poucos dias depois de deixar a igreja.

Procurada, a Record não explicou o motivo do desligamento de Lourenço e disse que ele será substituído.

[b]Fonte: Na telinha[/b]