O papa Bento XVI pediu hoje, durante o quarto consistório de seu Pontificado, que nomeou 22 novos cardeais, para que rezem para que ele possa dirigir a Igreja com firme humildade.

“Queridos irmãos e irmãs, roguem também por mim, para que sempre possa oferecer ao povo de Deus o testemunho da doutrina segura e dirigir com humilde firmeza o timão da Santa Igreja”, pediu o Pontífice, durante a homilia.

Dos 22 cardeais consagrados hoje, dezoito tem menos de 80 anos e podem, portanto, participar da eleição do sucessor de Bento XVI em caso de um novo conclave.

Entre eles há sete italianos, dois alemães, dois norte-americanos, um português, um espanhol, um tcheco, um holandês, um canadense, um indiano, um chinês, um brasileiro, um romeno, um belga e um maltês.

O brasileiro Dom João Braz de Aviz é prefeito da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e Sociedades de Vida Apostólica e já está no vaticano há mais de um ano, colaborando diretamente com Joseph Ratzinger.

[b]Fonte: Ansa[/b]

Comentários