O número de fiéis das igrejas vinculadas à Federação Luterana Mundial (FLM) cresceu na África e na Ásia, experimentou um leve acréscimo na Europa, mas estagnou na América Latina e no Caribe, e diminuiu na América do Norte.

Com a filiação de 1,58 milhão de novos fiéis nas 140 denominações de 79 países, a Comunhão luterana passou a somar, no ano passado, 70.053 milhões de fiéis, um crescimento de 2,3% em comparação a 2008.

Somando também as igrejas luteranas que não estão integradas à FLM, o número de luteranos e luteranas no mundo em 2009 ascendeu para 73,8 milhões de pessoas

Mesmo registrando perda de 1% da sua membresia em 2009, a Igreja Luterana da Suécia é a maior dentre as denominações filiadas à FLM, com 6,7 milhões de membros.

É na África que as igrejas luteranas apresentam o maior crescimento numérico, somando 18,5 milhões de fiéis, com um crescimento de 7,1% no ano passado.

A segunda maior denominação dentre as filiadas à Comunhão luterana é a Igreja da Tanzânia, com 5,3 milhões de fiéis. A igreja da Etiópia – Mekane Yesus – é a terceira maior da FLM, com 5,27 milhões e um crescimento de 267,3 mil fiéis em 2009.

A Igreja Luterana de Moçambique cresceu 94% quanto ao número de fiéis, a de Angola 38%, e da Namíbia 20%, somando, as três, chegam a 472,6 mil pessoas.

O conjunto de igrejas da Ásia teve um acréscimo de 200 mil fiéis no ano passado, somando, no total, 8,74 milhões de membros, com um crescimento de 2,35% em 2009. A maior igreja luterana no continente é a Batak, da Indonésia, com 4,35 milhões de fiéis.

Também na Europa igrejas evangélicas tiveram crescimento no ano passado, de 250 mil fiéis, somando 37, 1 milhões de fiéis. A Alemanha é o país com o maior número de luteranos no mundo: 12,9 milhões. As maiores igrejas territoriais (Landeskirchen) são as de Hannover, com 2,98 milhões, seguida da igreja da Baviera, com 2,6 milhões.

A Igreja Evangélica Luterana da América teve uma evasão de 86,6 mil membros, em 2009, totalizando 4,6 milhões de fiéis, a quarta maior denominação da FLM. Também a igreja do Canadá viu seu número de membros diminuir no ano passado, com uma perda de 5,2%, somando agora 152,7 mil pessoas.

A Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB), com 717 mil membros, estáveis, é a maior denominação da região filiada à FLM. As demais igrejas luteranas da América Latina e do Caribe somam, no total, 837,6, mil membros.

Os dados são do serviço de estatística da FLM, que faz a coleta anual do número de fiéis das denominações filiadas ao organismo ecumênico internacional.

Fonte: ALC