Câmara dos Deputados
Câmara dos Deputados

A plataforma de streaming Netflix conseguiu causar a ira de diversos parlamentares no Congresso Nacional por conta do especial de Natal “A Primeira Tentação de Cristo”, do grupo de humor Porta dos Fundos.

Na Câmara dos Deputados, além de discursarem de forma contrária ao filme, os políticos protocolaram requerimentos na Casa pedindo atitudes do Legislativo de repúdio em relação ao vídeo.

Os deputados Milton Vieira (REPUBLIC/SP) e Chris Tonietto (PSL/RJ), apresentaram requerimento na Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática, onde pedem “aprovação de Moção de Repúdio ao canal ‘Porta dos Fundos’ por atacar a fé cristã ao lançar especial de natal ‘A Primeira Tentação de Cristo’, que zomba da pessoa de Jesus Cristo e da fé dos cristãos.”

Já os deputados Cezinha de Madureira – PSD/SP ,  Julio Cesar Ribeiro – REPUBLIC/DF ,  Roberto Alves – REPUBLIC/SP ,  Alex Santana – PDT/BA e  Lauriete – PL/ES apresentaram o Requerimento nº 152/2019, onde requer a realização de Audiência Pública com a presença de representante da NETFLIX para prestar esclarecimentos sobre o filme ‘A Primeira Tentação de Cristo'”.

O deputado Glaustin Fokus – PSC/GO, também apresentou requerimento de nº 108/2019, que também “requer a realização de audiência pública sobre os critérios utilizados na seleção de material a ser disponibilizados aos clientes, mais especificamente sobre o episódio da porta dos fundos: primeira tentação de cristo no Youtube e na NETFLIX Brasil”

Na sessão do dia 09, os deputados Sargento Isidório (AVANTE – BA) e Eli Borges (SOLIDARIEDADE – TO) também criticaram o grupo “Porta dos Fundos”.

“O AVANTE aproveita para repudiar o desrespeito dos empresários da Netflix para com a fé cristã. Fazemos daqui uma sugestão a esses criminosos, desrespeitadores e intolerantes da fé alheia: que eles façam um filmezinho em que chamem Maomé de gay, se tiverem coragem e forem dignos. Já que eles gostam de desrespeitar a fé alheia, por que não tentam fazer um filmezinho, um programazinho em que desrespeitem Maomé, para verem com quantos paus se faz uma canoa? Deixo aqui o meu repúdio a esses intolerantes desrespeitosos. Respeitem a fé alheia! O nosso Jesus morreu na cruz do calvário para nos salvar, derramou seu sangue para perdoar os nossos pecados, de todos os cristãos! Independentemente de religião, este País é cristão, e não pode aceitar desrespeito a nossa fé.”, atacou o deputado Sargento Isidório.

“Eu aproveito o ensejo, este momento, para reiterar o meu total repúdio à Netflix, que insiste em desrespeitar a fé cristã de milhões de brasileiros. Já falei disso da tribuna e estou repetindo agora. Conclamo os milhões de brasileiros para retirarem a assinatura dessa empresa, desse segmento, que não tem tido a compreensão de que o nosso Cristo, que morreu e ressuscitou, é Senhor e precisa ser respeitado.”, disse o deputado Eli Borges.

Outros diversos políticos têm se manifestado pelas redes sociais, pedindo para seguidores cancelarem a assinatura do serviço.

Fonte: Agência Câmara