A proibição de fumar em locais públicos entrou hoje em vigor no País de Gales, medida que será adotada ainda este mês na Irlanda do Norte e depois na Inglaterra.

A proibição afeta “pubs” (bares), restaurantes, escritórios e o transporte público, onde as pessoas que consumirem tabaco poderão ser multadas em £ 50 (cerca de ? 73).

Esta medida já está em vigor na Escócia, enquanto na Irlanda do Norte começará no próximo dia 30 e na Inglaterra em 1º de julho.

Os políticos e as organizações do setor sanitário manifestaram os benefícios para a saúde da população a longo prazo, apesar de grupos pró-tabaco assinalarem que são medidas “draconianas”, pois não há opções disponíveis.

O secretário da Associação Médica Britânica (BMA) de Gales, Richard Lewis, disse hoje que se trata da “maior iniciativa da saúde pública em Gales em mais de um século”.

No entanto, Simon Clark, membro do grupo pró-tabaco “Forest”, se mostrou contrário à medida e disse que a maioria dos fumantes não deixará o cigarro.

“Como conseqüência da proibição, mais gente fumará na rua, o que aumentará o lixo, e mais gente pode fumar em casa diante das crianças”, acrescentou Clark.

“O melhor lugar para fumar é em um bar ou em um restaurante com boa ventilação, mas os políticos decidiram ignorar o que é muito óbvio”, disse.

Fonte: EFE