Enquanto presidiários evangélicos da cadeia de La Joya, da capital, cantavam e louvavam a Deus, colegas de prisão cavam túnel. Descoberto o fato, todas atividades religiosas evangélicas foram suspensas nas prisões do país por medida de segurança, informou o diretor do Sistema Penitenciário, Carlos Landero.

Quanto mais alto os pastores cantavam e louvaram, melhor para os presidiários que estavam em outra atividade: escavando o túnel. Essa foimais uma estratégia utilizada por presidiários em tentativa de fuga.

A descoberta também colocou a nu o desgaste das estruturas de La Joya.

Fonte: ALC