Após a publicação da sua entrevista na revista Época, a cantora Joelma (foto) postou uma explicação no seu twitter: “Eu não comparei gays às drogas”.

Em entrevista à revista Época a cantora Joelma, vocalista do Calypso, disse que é contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo e que lutaria até a morte para converter seu filho se ele fosse homossexual.

Evangélica há quatro anos, Joelma diz que já viu homossexuais se regenerarem e compara o processo com o tratamento do vício de drogas.
“Já vi muitos se regenerarem. Conheço muitas mães que sofrem por terem filhos gays. É como um drogado tentando se recuperar”.

“Tenho muitos fãs gays, mas a Bíblia diz que o casamento gay não é correto e sou contra”, diz a cantora que para 2013 prepara o lançamento de um CD em espanhol, um CD gospel e também um filme que irá contar como a banda formada por ela e seu esposo, o guitarrista Chimbinha, conseguiu conquistar o Brasil e o mundo.

Apesar de usar roupas curtas nos shows, Joelma deixa claro que só é sensual no palco. “Uso aquelas roupas curtas e rebolo, mas, quando falo de Deus, todo mundo entende”.

A cantora se converteu depois de passar por um problema de saúde, uma alergia crônica quase matou Joelma que encontrou na igreja a cura para a doença. “Maltratei meu organismo porque trabalhava todos os dias da semana e tive um piripaque, uma alergia crônica que quase me sufocou. Deus salvou minha vida”, contou.
[b]
Joelma nega ter comparado gays a drogados[/b]

A entrevista gerou repercussão e a cantora fez questão de comentar, em seu Twitter, uma declaração dada ao veículo: “Já vi muitos (gays) se regenerarem. Conheço muitas mães que sofrem por terem filhos gays. É como um drogado tentando se recuperar”, disse Joelma, à revista.

No Twitter oficial da banda Calypso, ela afirmou que não comparou a opção sexual dos gays com a situação de um usuário de drogas.

“Eu não comparei gays às drogas. Disse que a recuperação é tão difícil quanto mas Deus faz o impossível. Falo em recuperação porque conheço pessoas que saíram dessa. Foi muito difícil mas, Deus pode absolutamente tudo”, afirmou, no microblog.

“Meu melhor amigo e confidente é gay e apesar das nossas diferentes opiniões somos amigos. Meus amores obrigada por tudo amo vocês. Opinião cada um tem a sua”, encerrou.

[b]Fonte: Gospel Prime e Portal Terra[/b]