Eduardo Paes, candidato da coligação Unidos pelo Rio (PMDB-PP-PSL-PTB), para a prefeitura do Rio, recebeu nesta quarta-feira (6) o apoio do pastor Manoel Ferreira, da Assembléia de Deus e deputado federal pelo PTB-RJ.

“Paes não é o só o mais competente e o mais experiente dos candidatos a prefeito e já deu provas disso nos cargos que ocupou. Além de toda essa competência, é um homem transparente”, disse o deputado, em ato realizado na sede do PMDB.

O deputado reconheceu que seu apoio ao candidato do PMDB tem uma “influência muito grande” no segmento evangélico, mas ponderou ” Não estamos aqui para eleger um pastor; mas um prefeito”, disse.

“A presença do pastor Manoel Ferreira na campanha é a mensagem de que o Rio não aceita luta religiosa”, comentou Paes, durante o encontro.

A Assembléia de Deus é uma igreja evangélica do ramo pentecostal com mais de 57 milhões de fiéis em todo o mundo, sendo 6 milhões deles brasileiros.

O Rio de Janeiro tem quase 22% do número de evangélicos do País. Segundo estimativa da Fundação Getúlio Vargas, em 2007, o número de evangélicos no País é de mais de 43 milhões de pessoas.

Polarização

A Assembléia de Deus é uma igreja evangélica com cerca de seis milhões de fiéis brasileiros. Outra igreja evangélica com bastante representatividade no Estado é a Universal do Reino de Deus, cujo candidato é o senador Marcelo Crivella, ex-bispo da Universal e sobrinho do fundador da igreja, Edir Macedo.

Fonte: UOL