A igreja católica romana de Nova York tenta, através de um livro para colorir, alertar as crianças para o perigo de abusos sexuais, disseram autoridades nesta terça-feira

A cartilha “Sermos amigos, estarmos a salvo, sermos católicos” foi distribuída em centenas de escolas de Nova York como parte do Programa de Ambiente Seguro, declarou um porta-voz da arquidiocese da cidade.

Uma imagem do livro mostra um anjo da guarda voando sobre um coroinha, acompanhado pelo olhar de um padre fundo da sala.

“Pelo bem da segurança, uma criança e um adulto não deveriam estar sozinhos num quarto fechado”, aconselha o anjo. Em outra, o anjo adverte contra um pedófilo que tenta conversar com uma criança pela internet.

David Clohessy, diretor da Rede dos sobreviventes abusados por padres, elogiou a iniciativa, mas disse que não vai longe o suficiente.

A pedofilia na igreja americana permaneceu oculta por vários anos até que o arcebispo de Boston confessou, em 2002, ter protegido um padre que havia abusado sexualmente de vários jovens membros de sua igreja.

Fonte: EFE