MEC autoriza faculdade ligada a PRB, partido da Igreja Universal
MEC autoriza faculdade ligada a PRB, partido da Igreja Universal

O Ministério da Educação autorizou a criação de uma faculdade ligada ao PRB, partido comandado por líderes da Igreja Universal do Reino de Deus e base do presidente Michel Temer. A sigla também guarda afinidades ideológicas com o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

O seu maior líder, o bispo Edir Macedo, declarou voto no capitão da reserva, por exemplo. A legenda ainda aprova o projeto Escola sem Partido, uma bandeira de campanha do presidente eleito.

Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, a Faculdade Republicana Brasileira funcionará em Brasília, a partir do ano que vem. Ela será mantida pela Fundação Republicana Brasil, que, de acordo com a publicação, recebe 20% dos recursos públicos do fundo partidário destinado ao PRB (cerca de R$ 680 mil mensais).

A nova sede deve ser aberta em fevereiro, com previsão de lançar o vestibular no primeiro semestre e início das aulas no segundo. O primeiro curso credenciado pelo MEC foi o de Ciência Política, com cem alunos, em oito semestres. A Fundação busca também que o MEC dê aval para criação de pós-graduação em Gestão Pública, Direito Eleitoral e Política Contemporânea.

Quem comemorou a autorização da pasta foi o presidente nacional em exercício do partido, senador e bispo Eduardo Lopes (PRB-RJ).

“A Fundação Republicana é do PRB, e o PRB é o primeiro partido no Brasil a ter uma faculdade. O nome da faculdade vai ser Republicana. É a primeira instituição de ensino ligada a um partido político, credenciada pelo Ministério da Educação. Quero aqui cumprimentar e parabenizar o PRB, primeiro partido no Brasil a ter um instituto de ensino”, disse.

Fonte: Bahia Notícias