O Instituto Teólogico Cristão ‘Arastamr’ localizado em Jacarta, capital da Indonésia, foi danificado nos confrontos realizados na semana passada entre cristãos e muçulmanos.

O instituto, que pertencente aos protestantes, foi fundado em 1987 pelo pastor Mathew Mangentang e possui 29 sedes espalhadas por toda a Indonésia. Somente em Jacarta hospeda milhares de estudantes, sendo que 265 deles ficaram gravemente feridos nos confrontos dos dias passados.

Por causa dos conflitos, pelo menos 1500 alunos estão agora hospedados no quartel da polícia e na sede de um partido político de inspiração cristã. A situação ainda é muito crítica e não se excluem outros episódios de violências entre as facções opostas.

As tensões entre cristãos e muçulmanos aumentaram no último dia 26 depois da notícia que um estudante do instituto teria roubado uma bicicleta de um muçulmano que vive num bairro adjacente ao instituto. Tal acusação foi desmentida por Senny Manafe, diretor da instituição.

Parece que o presidente do Fórum dos Irmãos Muçulmanos do povoado de Pulo Kampung, Risman Hadi, é quem fomenta ainda mais as violências e acusações contra o Instituto Teológico. Ele se opôs no passado à fundação e às normais atividades da instituição.

Fonte: Rádio Vaticano