O número de casamentos subiu 6% entre 2005 e 2006 no Brasil, conforme mostram as estatísticas do registro civil, divulgadas nesta quinta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Segundo o levantamento, 889.828 uniões foram celebradas no país no ano passado, seguindo uma tendência de crescimento observada desde 2002.

Também cresceu o número de divórcios concedidos, avançando 7,7% em 2006, para 162.244, assim como o número de separações judiciais concedidas, que chegaram a 101.820 em 2006, subindo 1,4%.

Os dados do IBGE mostram que a maior parte das mulheres casa-se entre os 20 e 24 anos (30%), enquanto os homens procuram mais o matrimônio entre os 25 e 29 anos (35,8%). Além disso, a maior parte dos casamentos acontece no mês de dezembro.

Ainda na comparação entre 2005 e 2006, houve uma queda de 2,63% no número de nascimentos, para 2,799 milhões no ano passado. O percentual de mães adolescentes manteve-se praticamente estável, passando de 20,7% para 20,5% no período. A maior parte dos óbitos infantis concentrou-se nas regiões Nordeste (30,3%) e Norte (21,6%).

O IBGE destaca ainda em sua pesquisa o crescimento das mortes violentas no país, que avançam desde os anos 80. No ano passado, 67,9% dos óbitos masculinos ocorridos dos 15 a 24 anos estavam relacionados a esse tipo de causa.

Fonte: Valor Online