Um padre católico croata foi condenado nesta terça-feira a três anos de prisão por agredir sexualmente cinco garotos em sua paróquia de Banjol, na ilha de Rab, informaram fontes judiciais.

Drago Ljubicic abusou de cinco meninos com idades entre 10 e 11 anos na época das agressões, entre 2003 e 2007, declarou um porta-voz do tribunal de Rijeka (oeste), Sasa Cvijetic, à rádio nacional.

O condenado de 63 anos foi detido em junho, após a denúncia dos pais. Seu advogado já anunciou que recorrerá da sentença. Esta foi a segunda condenação de um padre católico croata por pedofilia, depois de um caso julgado em 2004. A Croácia tem 4,4 milhões de habitantes, católicos em sua maioria.

Fonte: AFP